domingo, 13 de março de 2011

Eu sou um Urso! #2


Esse post dá a palavra para o leitor. 
O urso da vez é o Moa Sipriano. Entre nós rola um troca-troca, eu leio ele e ele me lê.
O Moa é autor de inúmeros livros e você pode acessar o site dele e baixar os livros clicando no nome abaixo. Mas claro, depois de conferir o que ele tem a dizer:



Nunca fui muito fã de rótulos e guetos e roteiros impostos, seja na cama,
seja na vida.

Por muitos anos, tive vergonha de ser "diferente", não na homossexualidade
escolhida, mas no lance de corpo, pelos e o conjunto da obra.
Lutei contra mim-eu-mesmo, sempre me achando um cara feio, não desejável,
aos olhos dos outros homens. Na adolescência e boa parte da juventude,
pelos - pra mim - era algo medonho, "sujo", horrível.



Apenas quando me senti homem, adulto, reparei que o diferente tinha o poder
de atrair adoradores de ursos. Sim, "ursos", expressão estranha, que levou
séculos para que eu compreendesse o sentido de tudo.
Não encarei como um rótulo e sim como fazer parte de uma realidade. E veio a
Internet, e nas pesquisas vi que eu não era tão diferente assim. Havia
outros e muitos outros caras com o mesmo perfil que o meu. Enfim, me achei.
Mas mesmo assim, nunca concordei com as divisões ursinas... daddys, chasers,
bears, bambees, tanto faz!
Penso que é tão fácil mudar de "categoria", modificando o corpo, aparando
pelos, encarnando novos estilos e desafios. É por isso que acho uma besteira
ficar colando coisas no nosse jeito de ser, das quais podemos viver tantas
pluralidades!


 
Aprendi a amar meus pelos. Descobri que posso ser amado por causa deles (um
dos fatores da atração). Aprendi a me amar e a atual existência me ensinou a
superar todos os percalços embotados na minha - hoje - eliminada ignorância.
Como cresci, notei que havia um dom a ser explorado. Descobri que com
palavras posso mudar o mundo, ao menos ajudar outros "iguais" a se
aceitarem, a transporem barreiras que já ultrapassei, indicando assim
caminhos a seguir, sem jamais - jamais! - impor regras ou verdades
absolutas.





 Meu lema é: "Expor respeito impõe Respeito" e por isso tenho tido relaivo sucesso de popularidade junto aos meus amigos ursos a admiradores. Aprendi aser um gay feliz (trocadilho válido), um homem realizado, um urso pleno(risos) que sabe satisfazer quem cruza o meu caminho. Com palavras... com atos... com atitude... com carinho... com compreensão.
 Sou um urso, acima de tudo... COMPANHEIRO.   


Acesse o link abaixo, veja outro post e descubra como fazer para também postar no o blog:

Um comentário:

Lipi disse...

Muito Bom... Gostei... Ficoi otimo... N se poe rotulos em pessoas...