segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Os Ursos também são Gays

Em um dos artigos do blog, o movimento Bear foi classificado como um contracultura gay. E alguns leitores não aceitaram a classificação.

Justamente por que ser urso é o mesmo que ser gay. E existem ursos que se comportam de maneira afeminada e essa visão de que o movimento urso valoriza a masculinidade gay seria uma extensão do preconceito hetero.

Ok, os ursos podem se vestir de rosa e falar fino, pois há coisas que não temos domínio. Mas também, os gays mais convencionais, de comportamento mais hostil que pode ser até discriminado socialmente, devem respeitar a escolha da discrição dos ursos. Existindo assim um ciclo de respeito mútuo. 

Sem exclusão.

Nada de excluir por ter comportamento masculino e nada de excluir por ter comportamento feminino.

Mas de qualquer maneira o conceito de contracultura no movimento urso ainda é sustentado, pois o perfil de beleza no movimento não se iguala aos das outras sub-classes gays.

Somos gays, sim. Os ursos gostam de homem, mas não se pode negar que o estereótipo valorizado no movimento tem um aspecto mais rústico.

Históricamente, o movimento ursino é formado por intelectuais que queriam destacar a masculinidade do homossexual e talvez por que não admitir que esse conceito provenha de um preconceito. Por não querer se igualar aos homossexuais que foram marginalizados. 

Aos poucos o movimento ficará maior e é preciso que ursos se conheçam e queiram coisas iguais e tenham suas idéias em comum demarcadas para que a comunidade e o movimento ursino se tornem cada vez mais respeitado.

Algumas pessoas pode achar que o blog é preconceituoso em relação a questão dos gays afeminados. 

Qual é a sua opinião?? Deixe seu comentário.

Wooooooof!!

4 comentários:

Dois Ursos disse...

Existe movimento ursino no Brasil ?

Oi q tc? disse...

Acho que existe... Mas ele está divido, meio perdido, não-organizado.A prova de que o movimento existe são os grupos na internet, como o própio FALAURSO, as revista e os inumeros blogs e claro o ursos.com além dos grupos de ursos, tocas e bares. Um dos objetivos do blog é identificar e demarcar o espaço dos ursos. Mostrar o quanto podemos sendo urso.

ByM disse...

Na minha opinião, não existe um movimento ursino brasileiro. O que mais me parece é que existem vários grupos disputando uma posição, querendo se "impor" como certo. Um exemplo é como a página da wikipedia brasileira sobre ursos sofre modificações. Se todos esses grupos se unissem pra valer ou pelo menos não tivesse essa pseudo-guerra-fria de competitividade entre os grupos o movimento seria bem mais forte e todos sairiam ganhando...

danilobiblio disse...

"Históricamente, o movimento ursino é formado por intelectuais que queriam destacar a masculinidade do homossexual e talvez por que não admitir que esse conceito provenha de um preconceito." O trecho acima refere-se mais a história do movimento gay no Brasil.Na minha interpretação acho até que as GAys (parodiando a katylene)e falta de um movimento organizado condiz com o mundo atual. Onde as pessoas não levantam bandeiras mas podem se reunir para apoiar uma causa pontual.